.mais sobre mim

.O meu contacto...

kita19@gmail.com

.Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Pegadas recentes

. O "artista" Guillermo Var...

. Troll - 4 patas perdido

. Cão perdido!

. Lojinha Virtual - outra f...

. Scooby doente

. III - Cão

. II - Golfinho

. I - Pinguim

. Cães perigosos?

. Olhar

.Pegadas antigas

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.Amigos...

.Contador





.tags

. ajuda

. animais

. animais excepcionais

. animals

. anúncios

. artista

. astrologia

. ataques

. bi

. buppy

. cadela

. cães

. cão

. características

. carta

. citação

. curiosidades

. doente

. educação

. exposição

. gato

. golfinho

. joana

. lojinha virtual

. morte

. muschi

. olhar

. petição

. pinguim

. praia de mira

. raças perigosas

. saudadess

. scooby

. signos

. tobias

. troll

. tucha

. união

. vegetarianismo

. veterinário

. whiskas

. todas as tags

Este espaço vai ser uma voz para os nossos amigos, aqueles "irracionais" que são os mais racionais de todos... porque eles não têm voz, só alma e sentimentos que nem todos querem perceber...
Segunda-feira, 28 de Maio de 2007

III - Cão

 

  • Pertence à família dos Canídeos. O seu nome científico é Canis lupus familiaris;
  •  É provavelmente o mais antigo animal doméstico. Supõe-se que a sua domesticação surgiu da domesticação do lobo cinzento asiático há cerca de 100.000 anos;
  •  São conhecidas mais de 400 raças diferentes de cães. Os cães sem raça definida (SRD) são os rafeiros (em Portugal) ou os vira-lata (no Brasil);  
  • Têm 30 vezes mais tecidos sensoriais olfativos do que o ser humano, sendo por isso, muitas vezes, treinados para encontrar variadíssimas coisas, como droga, minas terrestres ou pessoas soterradas; 
  • Há cães que são treinados para serem Cães Guias de Cegos, sendo preferido o Labrador. Existe em Portugal uma única escola que treina este tipo de cães, situada em Mortágua, Viseu (ABAADV - Escola de Cães-Guia);

  • Os cães ouvem sons quatro vezes mais distantes do que o ser humano. Ouvem ultra-sons de até 60 Khz, inaudíveis aos seres humanos, que só escutam até 20 Khz;

                            

 

  •  A visão noturna dos cães é muito melhor que a dos humanos. O seu ângulo de visão também é mais amplo, devido aos olhos estarem ao lado da cabeça.

Imagem:Lion Alves of Love Blue REFON .JPG

Filhote de Spitz Alemão com 30 dias.

 

Cães famosos:

  • Blondi - cadela Pastor Alemão de Adolf Hitler. Poucos minutos antes de se suicidar, matou a cadela com um comprimido de veneno. Possivelmente acreditava que os russos a iriam torturar para se vingarem dele. Hitler possuia por esta cadela grande afeição chegando até mesmo a gerar ciúmes na sua companheira. 
  • Lassie - cadela da raça Collie, que era, na verdade um macho, que protagonizava uma série de televisão e estrelou, em 1943, um filme ao lado de Elizabeth Taylor.

 

  • Laika - cadela rafeira russa. Lançada para o espaço a 3 de Novembro de 1957, foi o primeiro ser vivo a entrar em órbita espacial. Morreu no espaço.

 Imagem:Laika first dog in orbit.jpg

    Curiosidades sobre o cão:

     

  • Os cães não vêem a cor verde.
  • A raça de cão mais alta é o Dogue alemão, cuja estatura deve ser em torno de 90 cm a um metro.
  • A raça de cão mais pesada é o Mastiff inglês, chegando facilmente a mais de 110 kg.
  • A menor raça de cão de guarda é o Pinscher Miniatura.
  • A menor raça de cães do mundo é o Chihuahua.
  • O DNA do lobo e do cão diferem em apenas um por cento.
  • O chocolate em demasia pode matar um cão.

                                  

pegada deixada por Kita às 19:57
link da pegada | deixa a tua pegada | ver pegadas (1) | favorito
Quarta-feira, 16 de Maio de 2007

II - Golfinho

Hoje vou dedicar o meu post ao meu animal preferido: o golfinho!

 

  • Pertencem à família Delphinidae;
  • Existem 37 espécies conhecidas de golfinhos, entre os quais os de água salgada e água doce. A espécie mais comum é a Delphinus delphis;
  • A maior parte dos golfinhos vivem no mar, mas há 5 espécies que vivem em rios e lagos, como o Boto da Amazónia; Alguns, de água doce, vivem no encontro da água doce com a salgada;

  • O golfinho oceanico mais pequeno tem 1.4 a 1.8 m de comprimento e pesa entre 36kg e 45kg. O golfinho oceanico maior é a Orca, que mede mais de 9.8m e pesa cerca de 5000Kg, sendo maior do que algumas espécies de baleias;
  • Podem saltar até 5 metros acima da água, nadar até 40 km/h e mergulhar até grandes profundidades;
  • Alimentam-se essencialmente de peixe e lulas, embora alguns prefiram outros moluscos e camarão;
  • Muitos golfinhos caçam em grupo;

Imagem:Tursiops truncatus head.jpg

  • Podem viver de 25 a 30 anos e dão à luz a um filhote de cada vez;
  • Vivem em grupos, são animais sociáveis, tanto entre eles, como com outros animais e com os seres humanos;
  • São extremamente inteligentes, podendo ser treinados para fazer uma grande variedade de habilidades, algumas muito complexas;

  • São extremamente brincalhões, pois nenhum animal, excepto o homem, tem uma variedade tão grande de comportamentos que não estejam diretamente ligados às actividades biológicas básicas, como alimentação e reprodução;
  • Têm um sentido de ecolocalização, que consiste essencialmente numa capacidade biológica de detectar a posição e/ou distância de animais através de emissão de ondas ultra-sônicas na água, que utilizam essencialmente para detectar presas;

 

Espécies de golfinhos conhecidas:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_esp%C3%A9cies_de_golfinho (Wikipedia)

 

 Curiosidades sobre o Golfinho:

  • O ano de 2007 foi declarado como o Ano Internacional do Golfinho pelas Nações Unidas e pelo UNEP (Programa Ambiental das Nações Unidas);
  • Foram feitos vários filmes que incluiam golfinhos, sendo talvez os mais conhecidos o Flipper (1996 - baseado no filme de 1963 com o mesmo nome) e Salvem o Willy;
  • Os golfinhos são utilizados em terapia, em doenças como o autismo, depressão, síndrome-de-down e outros problemas do desenvolvimento, revelando-se muito benéfico;
  • Na mitologia grega, os golfinhos eram muito comuns. Se um navio avistasse golfinhos a nadar no seu rasto era sinal de que a viagem iria ser calma;

Facto:

Milhares de golfinhos são mortos todos os anos no Japão de forma extremamente cruel e violenta. Os pescadores usam barulhos para os desorientar, conseguindo assim apanhá-los com redes. Depois são mortos pela sua carne, que é depois vendida a restaurantes e supermercados.

Video que mostra esta barbárie. É muito violento, eu própria não o consegui ver até ao fim...


As pessoas que têm coragem para fazer isto deviam sentir na pele o sofrimento dos pobres animais...

 

Existe uma petição na Internet para tentar acabar com esta situação em:

http://www.thepetitionsite.com/takeaction/427037941?ltl=1179344295 

 

Assinem! Os golfinhos agradecem...

sinto-me: apaixonada pelos golfinhos
pegada deixada por Kita às 19:43
link da pegada | deixa a tua pegada | ver pegadas (2) | favorito
Terça-feira, 15 de Maio de 2007

I - Pinguim

Decidi conhecer e dar a conhecer melhor os animais, procurando características e curiosidades sobre cada um, pois penso que ao conhecê-los melhor é também mais fácil compreendê-los, respeitá-los e amá-los. Se alguém conhecer outra característica ou curiosidade não mencionada aqui ou em futuros posts sobre este tema, agradeço que me diga e eu poderei aqui acrescentar.

 

Vou começar por um dos meus animais preferidos, por ser tão fofinho: o pinguim.

 

PINGUIM

 

 

  • O Pinguim é uma ave não voadora, característica do hemisfério Sul.
  • Apesar da maior diversidade de pinguins se encontrar na Antártica e regiões polares, há também espécies que vivem nos trópicos como por exemplo nas Ilhas Galápagos ou em regiões do sul da África, Austrália e América do Sul.
  • O pinguim é uma ave marinha, excelente nadadora. Chega a nadar com uma velocidade de até 40 km/h e passa a maior parte do tempo na água. 
  • Os pinguins classificam-se na família Spheniscidae

 

  • Há espécies de pinguins cujos pares reprodutores acasalam para toda a vida enquanto que outros fazem-no apenas durante uma época de reprodução. Normalmente, os progenitores cooperam nos cuidados com os ovos e com os juvenis.
  • Durante a época fria, o par separa-se durante alguns meses para proteger o ovo. Normalmente, o macho fica com o ovo e mantém-no quente (utilizam uma dobra de pele que possuem ventralmente para cobrir o ovo), e a fêmea dirige-se para o mar para encontrar alimento. Aquando do seu regresso, o filhote já terá alimento e os papéis invertem-se: a fêmea fica em terra e o macho vai à procura de alimento.

 

 

  • O pinguim macho tem uma forma particularmente encantadora de descobrir o que lhe interessa sobre os seus companheiros. Apanhando um seixo com o bico, dirige-se a um outro que esteja parado sozinho e deposita-o solenemente no solo defronte. Se receber uma bicada raivosa e observar um movimento agressivo, percebe que cometeu um erro terrível: trata-se de um outro macho! Se o presente é recebido com total indiferença, ele encontrou uma fêmea ainda não preparada para o acasalamento ou já comprometida com outro macho. Apanha então o presente rejeitado e continua a sua busca. Mas se a estranha aceita a oferta efectuando uma profunda reverência, ele encontrou a sua companheira. Faz outra reverência em resposta e o par estica o pescoço e celebra a união com um côro nupcial.

.

Atenção pessoal:  vamos casar!

Will you marry me?

 

  • Podem percorrer mais de 70 km por dia, nadando rapidamente e mergulhando a uma profundidade de até 200 metros. São divertidos, simpáticos e curiosos e só agridem quando se sentem ameaçados (tal como a maioria dos animais).

  • Podem medir até ao máximo de 70 cm (o pinguim Imperador até 1,1m).

  • Existem 18 espécies de Pinguins, sendo a mais conhecida o Pinguim-Imperador.

 

  • As fêmeas do Pinguim-Imperador põem um único ovo em Maio/Junho, no final do Outono, que abandonam imediatamente para passar o inverno no mar. O ovo é incubado pelo macho durante cerca de 65 dias, que correspondem ao Inverno antártico.

  • Para superar temperaturas de -40 ºC e ventos de 200 km/h, os machos de pinguim-imperador amontoam-se e passam a maior parte do tempo dormindo para poupar energia. Eles nunca abandonam o ovo.

  • A fêmea substitui o macho apenas quando regressa no princípio da Primavera. Se a cria choca antes do regresso da mãe, o macho do pinguim-imperador alimenta o filho com secreções de uma glândula especial existente no seu esófago.

 

 Curiosidades sobre mim:

  • Ao contrário do que muita gente pensa, o meu corpo é revestido de penas e não de pêlos.

  • Vivo de 30 a 35 anos.

  • Os primeiros europeus que nos viram, pensaram que éramos peixes com pernas.

  • Eu, o Pinguim-Imperador, consigo ficar submerso por cerca de vinte minutos sem respirar.

  • Sou muito fiel. Raramente me divorcio, somente em casos de má reprodução.

Nota: Toda a informação aqui contida foi retirada de vários sites da Internet.

sinto-me: com vontade de ter um pinguim!
pegada deixada por Kita às 18:14
link da pegada | deixa a tua pegada | ver pegadas (5) | favorito
Quarta-feira, 9 de Maio de 2007

Cães perigosos?

 

May I sleep with you? Would you be my friend?

 

Os animais são o que fazem deles. Lembro-me principalmente dos cães, os chamados "cães perigosos", como os Pitbull (como o "perigoso" cão da foto) ou os Rottweiler.

Os cães não são perigosos por natureza. O ser humano é que faz dele um animal perigoso ou não, dependendo de como é tratado e educado.

Li há pouco num site (http://www.leerburg.com/kidbites.htm) uma forma de lidar com cães um pouco estranha. Dizem os entendidos que, para evitar que os cães mordam os bebés, há que ensiná-los e treiná-los para nunca chegarem perto deles... não será o contrário?

Eu acho. Penso que a melhor forma de prevenir que um cão ataque um bebé/criança da família é fazê-lo acostumar-se à pessoa e não afastá-la dele. Se um cão for habituado desde cedo a conviver com as pessoas, a ser bem tratada por elas, penso que dificilmente as atacará. Ao contrário, se for ensinado a nunca se dar com o bebé ou criança e um dia a apanhar sozinha, pode muito bem atacá-la. Não a conhece, não é?

Há imensos relatos de pessoas atacadas por cães. Segundo o site que mencionei acima, ocorrem cerca de 1 milhão de ataques deste tipo por ano nos Estados Unidos, dos quais entre 60 e 70 % envolvem crianças.

Mas continuo a dizer que a culpa é de quem os educa. Os animais não têm culpa do que lhes ensinam... por isso, há que instruir mais o ser humano do que propriamente os animais...

 

 Kita

sinto-me: solidária com os cães
pegada deixada por Kita às 18:53
link da pegada | deixa a tua pegada | ver pegadas (8) | favorito